facebook instagram youtube
Pesquisar
Feche esta caixa de busca.

Descobrindo Mdina em Malta: Guia Definitivo para uma Viagem dos Sonhos

Uma das joias da ilha é a cidade de Mdina. Como ela é imperdível, nós preparamos esse guia sobre lugares que você deve conhecer na cidade, assim você não vai perder nenhum detalhe.

Se estiver morando, trabalhando, estudando em Malta, ou se você está considerando fazer uma viagem a essa pequena e grande ilha, provavelmente já ouviu falar da incrível cidade de Mdina. Mas antes de ir para lá, você vai querer saber os lugares que precisa conhecer, as atividades que pode fazer por lá, a sua história e muito mais.

Descubra todos os lugares e segredos de Mdina, também conhecida como a cidade do silêncio. Come on!

Por que visitar Mdina?

Sua beleza, seu charme, sua arquitetura medieval, suas ruas de paralelepípedos e suas imponentes muralhas são alguns dos motivos pelos quais Mdina deve estar entre suas prioridades quando você quiser fazer turismo em Malta, mas isso não é suficiente? Nós te damos mais motivos!

Back to the past

Sim, você leu certo! Visitar Mdina fará com que você viaje no tempo só de passar por seu enorme portão. Seus edifícios, ruas e atmosfera mantêm a essência medieval, que te levará há séculos atrás enquanto você caminha por ela.

A gastronomia ganha pontos

Mdina tem uma variedade de restaurantes e cafés que oferecem opções gastronômicas de lamber os dedos. Você pode deliciar seu paladar com pratos tradicionais de Malta enquanto desfruta da atmosfera encantadora da cidade. Your mouth will be watering!

Uma cidade cinematográfica

Obviamente, toda essa beleza não conquista apenas os turistas, residentes e estudantes que a consideram uma das melhores cidades de Malta. Mdina também apareceu entre as cenas favoritas da série Game of Thrones e os filmes Munique e Ágora. Feeling like a superstar!

ebook Malta pt - Vivirse Malta
25
Coisas
O que você precisa saber antes de viajar para Malta
Faça o download GRÁTIS do nosso ebook.

Já está claro que Mdina é uma must! Agora que você está ready para conhecer um pouco mais sobre a cidade. Vamos começar com o básico!

O que você precisa saber sobre a cidade de Mdina, em Malta

A primeira coisa que você precisa saber é que Mdina está localizada no centro-oeste de Malta, especificamente aqui, e você poderá chegar com os ônibus malteses ou em carro. A viagem de St. Julian's ou Valletta não é superior a 30 minutos.

Quantas pessoas vivem em Mdina? Aproximadamente 250 pessoas, enquanto em Rabat, a cidade vizinha, tem mais de 11.000 habitantes.

Ah, e uma coisa superimportante: seu nome não se pronuncia "Medina" (um erro que todos cometemos quando chegamos), mas sim literalmente "Emdina". What? Sim, e o que isso significa? Bem, Mdina é uma palavra árabe que significa "cidade". Sim, sabemos que, em árabe, a palavra "cidade" é pronunciada como "medina", mas os malteses fizeram uma pequena bagunça em relação a isso.

via DIVIABILIDADE

História de Mdina, Malta

A história de Mdina remete a mais de 4.000 anos, o que a torna uma das cidades habitadas mais antigas do mundo e um tesouro cultural e arquitetônico na ilha de Malta.

Inicialmente, a cidade era habitada pelos Fenícios no século VIII a.C. e posteriormente ocupada por romanos, bizantinos e árabes. No entanto, foi durante o período medieval que Mdina atingiu seu auge de esplendor. Em 870, após a ocupação árabe, a cidade foi tomada pelos normandos e se tornou a capital de Malta. Durante esse período, foram construídas muitas das estruturas e fortificações que existem até hoje.

Mdina era o lar de nobres e cavaleiros e se tornou um importante centro cultural e político. Além disso, ao longo dos séculos, a cidade testemunhou vários cercos e mudanças de governo, incluindo a ocupação pelos Cavaleiros da Ordem de São João e a ocupação francesa e britânica.

Em meados do século XX, Mdina perdeu sua posição de capital de Malta para Valletta. Embora a população tenha diminuído consideravelmente, a cidade continuou a ser um importante centro cultural e turístico devido à sua impressionante arquitetura medieval e atmosfera histórica.

Hoje, Mdina é um lugar fascinante para se visitar porque, como dissemos, suas ruas de paralelepípedos, palácios e muralhas imponentes te transportam para uma era passada. A cidade também oferece vistas panorâmicas de tirar o fôlego da ilha de Malta e abriga uma variedade de museus, igrejas e atrações turísticas.

👉 Se você gosta de história, não perca nosso post sobre a história de Malta!

A arquitetura de Mdina, Malta

E com tanto mix, era de se esperar que isso se refletisse em sua arquitetura. A arquitetura de Mdina, em Malta, é um testemunho vivo de sua rica história e patrimônio, ao combinar elementos fenícios, romanos, árabes, normandos e medievais.

Um dos destaques da arquitetura de Mdina são suas impressionantes muralhas e portões. Essas enormes fortificações, construídas principalmente durante o período medieval, nos dão uma ideia da importância defensiva da cidade no passado. As muralhas e os portões, como o Portão da Cidade e o Portão de Vilhena, são verdadeiros monumentos arquitetônicos.

As ruas de paralelepípedos de Mdina te conduzem por um labirinto de arquitetura medieval. Os palácios, com suas fachadas elegantes e varandas ornamentadas, refletem o esplendor de épocas passadas. Alguns dos palácios notáveis incluem o Palácio Vilhena e o Palácio Falson, que agora abrigam museus que mostram a história e a arte da região.

As igrejas também desempenham um papel importante na arquitetura de Mdina. A Catedral de São Paulo, construída no século XII, é uma obra-prima gótica e um dos principais pontos de interesse da cidade. Sua impressionante fachada e seu interior ornamentado te encantarão se você for um amante da arquitetura e da arte religiosa.

Os melhores lugares para visitar em Mdina Malta

Agora que você já conhece a história da cidade, vamos ao que mais te interessa: suas principais atrações turísticas. Let’s go!

Portão de Mdina

O Portão de Mdina nunca será apenas o portão de Mdina, será a entrada para o King's Landing em Game of Thrones. Portanto, este é o lugar para iniciar um passeio pela cidade do silêncio e uma parada obrigatória para a primeira foto.

Essa porta foi fundada pelos fenícios por volta de 700 a.C., mais tarde fez parte do Império Romano com o nome de "Melita", que significa "Cidade". No entanto, um fato curioso é que essa não é a entrada original. O que vemos hoje é uma construção feita para permitir a entrada dos poucos carros que podem entrar em Mdina.

Mdina em Malta - Vivirse Malta

A catedral de San Pablo

Existem muitas igrejas em Malta, e, of course, Mdina tem algumas. Se você caminhar pela praça central da cidade do silêncio, encontrará a Catedral de São Paulo, o edifício é de estilo barroco.

Recebeu esse nome porque, segundo a lenda, foi o local onde o governador Publius e São Paulo se encontraram após naufragarem na ilha.

Em Rabat, a cidade vizinha, você poderá ver as Catacumbas de São Paulo.

O arquiteto encarregado de dar vida a esta construção foi Lorenzo Gafa, a obra substituiu a catedral que foi destruída após um forte terremoto que afetou a ilha de Malta e a Itália.

Mdina em Malta - Vivirse Malta

Mdina Glass

Uma das coisas mais típicas em Malta são os artigos de vidro feitos à mão. Em lojas como a Mdina Glass, você pode encontrar frascos de perfume, vasos, esculturas, acessórios de mesa, decorações de Natal e até mesmo joias. Essas são as lembranças perfeita de Malta para levar para casa como presente após sua aventura na ilha.

O ponto de vista de Mdina

E agora que você chegou até aqui, não podemos esconder esse grande segredo de você. No final da cidade, há um mirante de onde você poderá admirar uma incrível vista panorâmica da ilha de Malta. Vá até lá e tire muitas selfies!

A porta mais instagramavel em Malta

Você não pode vir a Mdina e não tirar uma foto nessa porta azul. Sem dúvida, é uma das fotos mais populares de Malta.

Mdina em Malta - Vivirse Malta

Museus recomendados

Falamos que há muitas igrejas, mas os museus não ficam muito atrás. Aqui em Mdina você encontrará o National Museum of Natural History, que está localizado em um palácio do século XVIII que costumava ser um hospital para pacientes com cólera e tropas britânicas durante o século XIX. Aqui você encontrará exposições que vão desde a geologia maltesa até os animais mais exóticos de Malta.

Existem animais exóticos em Malta? Sim! Na verdade, eles são tão exóticos que estão em uma ilha chamada "Fifla", à qual só se pode ir uma vez por ano. Mind-blowing!

Não gosta de museus? Don’t worry, aqui há opções para quem prefere atividades culturais! Esse é o caso da The Mdina Experience, uma experiência que combina informação e entretenimento. Suas figuras, luzes e sons especiais farão com que você se sinta no século XVI, em alguns dos momentos mais épicos da ilha.

Atividades ao ar livre em Mdina

A melhor atividade ao ar livre em Mdina, sem dúvida, é passear por suas ruas estreitas e se deixar surpreender pela cidade. Além disso, como ela não é muito grande, você terá visto tudo em 1 hora. No entanto, vale a pena caminhar tanto durante o dia quanto à noite, pois sua essência muda completamente.

Mdina em Malta - Vivirse Malta

E por falar em ver Mdina à noite, você sabia que aqui se faz muitos tours assustadores?? E não é de se admirar que essa cidade seja cheia de mistérios e lendas de fantasmas vagando por seus becos.

Mas se você não gostar de esoterismo e histórias que te mantenham acordado à noite, você também pode fazer um free tour normal conforme te contamos por aqui.

Eventos e festivais em Mdina, Malta

Em Mdina são realizados diferentes festivais ao longo do ano, dando vida à cidade silenciosa e proporcionando uma experiência cultural única para todos que a visitam. Alguns dos destaques dos eventos e festivais em Mdina são:

  1. Dia de São Paulo. Você sabe como é importante os festivais populares em Malta e, é claro, Mdina também celebra a sua própria festa. Especificamente, 10 de fevereiro é o dia da festa de São Paulo, o santo padroeiro de Mdina. Nesse dia de festa, a Catedral de São Paulo recebe cerimônias religiosas e procissões, e a cidade fica repleta de alegria e devoção.
  2. Festival de Ópera de Mdina. Esse festival conta com apresentações de ópera ao ar livre na deslumbrante praça principal de Mdina. Os participantes podem desfrutar de produções de ópera renomadas em uma atmosfera mágica e única.
  3. Festival Medieval de Mdina. Esse evento recria a era medieval de Mdina, transportando os visitantes pela história com apresentações teatrais, música, danças, barracas de comida e artesanato tradicionais. Amazing!
  4. Noites de verão em Mdina. Durante os meses de verão, Mdina ganha vida com uma série de eventos noturnos, incluindo música ao vivo, shows de luzes e projeções audiovisuais.

Comida tradicional de Mdina 

E se isso não bastasse, essa cidade oferece uma experiência gastronômica que não podemos deixar de destacar. Apesar de ser pequena, Mdina tem vários restaurantes onde você pode experimentar a comida típica maltesa, incluindo alguns pratos locais muito tradicionais, como torta de Lampuki, coelho, Hobz Biz-Zejt, Qassatat e Ftira.

Mas o que é uma boa refeição sem sobremesa? Nothing! No Fontanella Tea Garden você encontrará diversas opções para saborear. É um restaurante muito popular em Mdina, pelos famosos bolos e sobremesas, especialmente os de cenoura e chocolate, embora todos sejam ótimos.

Portanto, se você vai fazer uma pausa durante sua visita, Fontanella Tea Garden é o lugar perfeito para tomar uma bebida e apreciar a paisagem. Especialmente no segundo andar!

via DIVIABILIDADE

Excursões perto de Mdina, Malta 

Sim, o passeio por Mdina não levará mais do que uma ou duas horas. Mas se depois de fazer a viagem até lá, você não quiser voltar para casa tão cedo, temos planos para você!

Uma boa maneira de continuar o turismo urbano é sair da cidade murada e ir para a cidade vizinha de Rabat. Keep calm, o que tem para fazer aqui? A primeira coisa a fazer é passear pelas ruas, porque aqui você pode respirar a autêntica essência local e as casas com suas varandas coloridas são lindas. Nós da Vivirse acreditamos que ela é bastante desvalorizada do ponto de vista turístico. Além disso, aqui você encontrará as Catacumbas de São Paulo e as Catacumbas de Santa Agatha.

Se você for mais da natureza e gosta de fazer trilha em Malta, poderá dar um passeio por Victoria Lines, a rota conhecida como "A Muralha da China de Malta", ou ir para Ta' Qali, o parque nacional de Malta onde são realizados alguns dos festivais mais populares da ilha.

Acomodações em Mdina Malta 

A verdade é que, se seu plano é estudar em Malta, não é aconselhável se hospedar em Mdina, porque todas as escolas estão muito distantes.

Mas se você quiser ficar aqui por alguns dias, encontrará alguns hotéis, como The Xara Palace Relais & Chateaux e Palazzo Bifora, e apartamentos do Airbnb que tornarão sua estadia ainda mais mágica. No entanto, lembre-se de que as acomodações em Mdina podem ser muito caras, portanto, se você quiser ficar na região, recomendamos que procure algo em Rabat.

Você quer encontrar seu sweet home em Malta? Dê uma olhada em nosso guia de aluguéis e acomodações em Malta! Nós sempre recomendamos procurar uma acomodação econômica nos primeiros dias.

Nossas dicas de viagem para Mdina Malta 

Antes de planejar seu dia em Mdina e vir correndo para cá, preste atenção nas seguintes tips que farão com que sua viagem seja nota 10 de 10:

  • Não ultrapasse a hora. Antes de viajar, pesquise os horários de funcionamento dos pontos turísticos de Mdina e certifique-se de incluir tempo suficiente em seu itinerário para explorar a cidade por completo.
  • Como chegar? Você pode chegar a Mdina por transporte público de diferentes partes de Malta, alugar um carro para maior comodidade ou usar qualquer um dos apps do tipo Uber na ilha.
  • Calçados confortáveis. As ruas de Mdina são de paralelepípedos, por isso recomendamos o uso de calçados confortáveis e fechados para caminhar pelas ruas estreitas e aproveitar a cidade ao máximo.
  • Visite durante a manhã ou à tarde. Mdina é uma cidade que merece ser conhecida tanto de dia quanto de noite.
  • Saboreie a gastronomia local. Aproveite ao máximo sua visita a Mdina para experimentar alguns pratos tradicionais malteses nos restaurantes e cafés da cidade.
  • Respeito à história e à tranquilidade. Lembre-se de que Mdina é "a cidade do silêncio", além de ser uma cidade histórica que ainda abriga alguns moradores. Respeite sua tranquilidade e evite fazer barulho excessivo enquanto estiver explorando a cidade.

Como você pode ver, Mdina deve ser uma must na sua checklist de lugares para visitar em Malta. Se você quiser conhecer a cidade e, ao mesmo tempo, viver a experiência de estudar em Malta, na Vivirse, nós te ajudamos a organizar tudo e a colocar a aventura em movimento.

Você tem dúvidas sobre visto, escolas e cursos intensivos?! Nós resolvemos para você, e se não quer se sentir sozinho durante sua experiência, nós estaremos com você o tempo todo! E claro, se você quiser conhecer gente nova em Malta, temos diversos eventos para os nossos estudantes, como a quinta-feira de amigos. Easy-peasy!

Tudo o que você precisa fazer é entrar em contato e faremos nossa mágica para que você viva a melhor experiência da sua vida. Estamos esperando por você!



Compartilhe esta informação...
Facebook
Twitter
LinkedIn
E-mail
O que você gostaria de saber sobre Malta?
Pesquisar