facebook instagram youtube
Pesquisar
Feche esta caixa de busca.

DESPESAS E CONTAS MENSAIS PARA MORAR EM MALTA

Se você mora ou vai morar por muito tempo em Malta, é essencial que considere todas as despesas mensais. Isso te dá uma ideia do custo de vida no país e quanto dinheiro vai precisar para pagar as contas.

Neste post detalhamos os principais gastos como aluguel, eletricidade, água e gás para que você se prepare e aprenda a economizar o máximo possível.

Continue lendo porque este post não vai te custar nada, pelo contrário... vai te ajudar a economizar!

Custos extras além do preço do aluguel

A principal despesa que você enfrenta a cada mês é o pagamento do aluguel.

Em Malta existe uma grande variedade de acomodações, o preço depende da localização e das condições do local, e se vai viver sozinho ou dividir um apartamento.

Além disso, outras despesas que você também deve considerar são as contas de eletricidade, água e gás, que detalharemos a seguir, e outras despesas como transporte, internet, alimentação e outras atividades de lazer (restaurantes, cinema, academia).

Mas não se preocupe, se você quer saber o preço aproximado de todos os tipos de apartamentos e de outras despesas, contamos tudo neste post.

Agora vamos falar em detalhes sobre as contas de água, eletricidade e gás em Malta.

ebook Malta pt - Vivirse Malta
25
Coisas
O que você precisa saber antes de viajar para Malta
Faça o download GRÁTIS do nosso ebook.

Contas de gás, eletricidade e água em Malta

Malta não possui rede de gás natural. Caminhões que trafegam pela cidade se encarregam de distribuir e trocar botijões de gás para as residências que precisam.

O custo do botijão é de cerca de 17 euros.

Apesar de Malta ter duas usinas elétricas no país, o fornecimento de eletricidade não chega à autossuficiência. É por isso que Malta importa uma grande percentagem do seu abastecimento de eletricidade de Itália, através de um cabo que atravessa Malta à Sicília e que foi inaugurado em 2015. Isto torna a eletricidade consideravelmente mais cara em comparação com outros países.

A eletricidade em Malta é fornecida pela Enemalta.

Os serviços de água e esgoto são fornecidos pela Water Services Corporation (WSC).

Ambos os serviços públicos de Malta (eletricidade e água) são operados pelo Automated Revenue Management Services, uma empresa de propriedade conjunta da Enemalta e da WSC.

Mas vamos ao que interessa... quanto custa a eletricidade e a água em Malta?

Lembre-se de que, quando você aluga uma acomodação, as contas geralmente chegam ao para o dono e ele transfere o valor para você para que possa pagá-las. Aqui é muito importante que o dono do imóvel não tente cobrar a mais. Para isso recomendamos sempre olhar para o medidor que geralmente fica na entrada do flat ou apartamento.

Além disso, a conta depende do seu consumo e, se dividir um apartamento, do consumo que todos tiverem juntos.

Para se ter uma ideia, gastamos cerca de 70 euros por mês com luz e água, estando nós dois num apartamento de dois quartos e sem se procurar em poupar muito, visto que usamos o ar condicionado no verão e no inverno para aquecer o quarto, casa quando necessário.

Outro aspecto fundamental para economizar na conta de luz e água é saber como o proprietário cadastrou a casa e o número de moradores. Nós explicamos para você abaixo.

Habitação doméstica, residencial ou não-residencial em Malta

Existe um aspecto que influencia muito no aumento do valor da conta de eletricidade, que é a forma como o proprietário registrou sua moradia no ARMS ..

O mais provável é ter sido registrada como moradia doméstica e, se assim for, o preço da eletricidade por kWh é mais caro. Se está registrada como "habitação doméstica", significa que é uma das principais habitações da propriedade, da qual você faz muito uso.

Outra opção é o registro como moradia residencial. Neste caso o preço por kWh é muito mais barato. Cada proprietário só pode ter um máximo de duas habitações residenciais. Além disso, você pode incluir o número de inquilinos na residência, o que torna os custos ainda mais baratos.

Aconselhamos que você fale com seu locador para mudar o registro do imóvel para residência (caso seja possível) e incluir o número de inquilinos. Isso pode ajudar a reduzir os gastos.

A terceira opção (não residencial) nem deve ser considerada, pois é voltada para construções comerciais.

Como calcular sua conta de eletricidade e água

Para que possa poupar o máximo possível na conta de eletricidade e verificar se o consumo está correto, o site da ARMS permite calcular as faturas.

Agora que já sabe como calcular a sua conta de luz, esperamos que consiga poupar mais e controlar os gastos.

Lembre-se que o mais importante é sempre poupar no consumo. Não adianta fazer mil procedimentos para diminuir os custos se depois você fica o dia todo gastando mais luz e água.

Além disso, devemos ser sempre ecologicamente corretos e não gastar mais do que o necessário. Se outros aspectos estão mudando em função da preservação do meio ambiente como a forma como nos locomovemos, por meios de transporte mais ecológicos, também devemos aplicar o mesmo princípio em casa.

Até breve!

Compartilhe esta informação...
Facebook
Twitter
LinkedIn
E-mail
O que você gostaria de saber sobre Malta?
Pesquisar