facebook instagram youtube
Pesquisar
Feche esta caixa de busca.

Estudar especialização em Malta

Razões para fazer
uma pós-graduação em Malta

Qual o emprego dos seus sonhos? Ter um emprego não é o mesmo que trabalhar no que você quer. Para poder escolher e ser escolhido por uma empresa, a primeira coisa a fazer é estar bem qualificado.

Algumas das

vantagens de fazer especialização em Malta

Vantagens extras se você é da América Latina

Fazer especialização em Malta é muito mais barato do que na América Latina, por exemplo, as universidades privadas são muito mais caras. Quando coloca na ponta do lápis os valores, percebe que estudar em Malta é mais econômico.

AS MELHORES ESPECIALIZAÇÕES EM MALTA

O que você espera do seu futuro profissional?

Para conseguir o emprego dos seus sonhos o primeiro passo é focar nos estudos. Fazer uma especialização permite que você se posicione bem no mercado de trabalho e se aproxime do emprego que tanto deseja. Conheça todas as nossas opções...

FAZER ESPECIALIZAÇÃO E TRABALHAR EM MALTA

Fazer pós-graduação em Malta abre portas no mundo inteiro. Possibilidade acesso as melhores vagas no setor escolhido por você, especialmente considerando o valor de um diploma europeu. Além disso, ter feito um curso ministrado em inglês traz ainda mais oportunidades profissionais e um vocabulário mais variado do ambiente laboral.

Em Malta, por exemplo, os cassinos online e as empresas iGaming são um setor em expansão. A demanda por todos os tipos de profissionais (especialistas em informática, dealers, copywriters, contadores, croupiers, designers) é muito alta e novas vagas são criadas todos os dias, assim como em muitas outras empresas em diferentes ramos de atuação. 

Se está pensando cuidadosamente sobre suas perspectivas futuras, é muito provável que você decida se especializar em Malta.

É possível trabalhar legalmente como estudante?

 Sim!! Malta proporciona aos estudantes internacionais a possibilidade de trabalhar por meio período (20 horas por semana) enquanto estudam inglês na ilha. O visto de trabalho pode ser solicitado a partir da 13ª semana de estudos.

Se você é cidadão de um país da UE, não precisa de nenhum tipo de visto para trabalhar legalmente em Malta.

VOCÊ QUER VIVER EM MALTA PARA FAZER UMA ESPECIALIZAÇÃO?

As opiniões sobre os cursos de especialização em Malta são sempre boas, portanto, se você quer
começar sua aventura com a #VivirseMalta, mas ainda tem dúvidas, aqui estão as perguntas mais comuns entre nossos alunos.

Perguntas frequentes

Você pode fazer um curso de inglês com antecedência até alcançar certificação no nível B1/B2.

Por exemplo, a LSC oferece um curso intensivo de inglês de 4 meses como preparatório para o exame IELTS que o certifica seu nível de inglês e permite que você tenha acesso a especialização.

O curso de inglês de 4 meses está incluído no preço do seu MBA: 6.950 euros. Se após 4 meses você não passar, deve continuar com o curso de inglês até conseguir a certificação, pagando o preço correspondente ao tempo extra.

Para outras especializações em Malta, você pode fazer um curso de inglês em qualquer uma das nossas instituições.

É possível dividir o pagamento em 2 parcelas:

1. Pagamento de 1.500 euros para reservar a vaga
2. Pagamento restante até 10 dias da chegada em Malta.

Ao chegar na ilha o curso deve estar quitado.

Se você é da América Latina, para residir em Malta precisa solicitar visto de estudo e preencher
alguns requisitos. O mais complicado deles é comprovação financeira de 750 euros por
mês. Ou seja, um total de 9.000 euros durante sua permanência em Malta para o primeiro ano do programa de especialização. O visto de estudo é anual, portanto no "11º mês" de sua estadia você terá que solicitar os meses restantes do curso, provando novamente a solvência financeira, de 750 euros por mês.

Aqui está tudo o que precisa saber sobre o visto de estudo para morar em Malta.

Se você é da União Europeia, não precisa atender a nenhuma destas exigências. Simplesmente
pode solicitar residência em Malta a partir de seu terceiro mês na ilha, mas isso não é obrigatório.

Se você é da América Latina, pode se candidatar para trabalho em tempo parcial (20 horas por semana). É possível solicitar isso após o terceiro em Malta. 

Para solicitar visto de trabalho parcial, seu empregador deve fazer isso. Ele/ela tem que assinar um contrato com você e te registrar no Jobsplus (a instituição encarregada do emprego em Malta). Seu empregador precisa te credenciar perante ao Jobsplus porque ele precisa de uma pessoa "não-maltesa" para
o posto de trabalho. Além disso, é necessário um relatório médico declarando que você está em boa saúde e o pagamento de 230 euros.
Você, por sua vez, tem que mostrar passagem de chegada a Malta (para provar que está na ilha há pelo menos 3 meses) e contrato de aluguel. 

A licença geralmente leva muito tempo para ser aceita e, uma vez aprovada, é válida por um ano.
embora esteja sujeita à validade de seu visto de residência ou de estudo. Ou seja, se seu visto de estudo terminar a permissão de trabalho também termina.

Se você é da União Europeia, não precisa solicitar visto para trabalhar em Malta, pode fazer isso diretamente se for contratado.

Uma vez terminado a especialização, você tem até dois anos para solicitar reembolso de até 70% do valor investido no curso. O valor será reduzido dos seus impostos. Em outras palavras, só pode reivindicar o apoio se estiver trabalhando em Malta.

Se decidir fazer o pedido, não se preocupe, te assessoramos quando chegar a hora, pois você ainda tem pelo menos 12 meses para fazer isso.